quinta-feira, 29 de novembro de 2012

[histórias do baby-de-mulata] maturidade


O baby de mulata, devido a várias doenças no primeiro ano de vida, começou a andar há pouco mais de um mês... Mas, como qualquer criança com mais de um ano e meio, está em plena fase do negativismo. Diz que não a tudo, nunca se quer vestir, não se quer despir, não me quer dar a mão na rua, procura explorar (quase com método científico!) o que sabe que é proibido, e foge num passo trôpego, o mais rápido que consegue, quando lhe digo que vamos vestir, ou mudar a fralda, ou comer... ou o que quer que seja, desde que lhe dê para isso.

O grande problema é que esta diferença entre as capacidades físicas e a maturidade resultam em quedas, tropeções, arranhões, galos, hematomas e o diabo a quatro (pronto, pronto, sobre isto já falámos, não me vou repetir a teorizar sobre com quantos diabos ficamos se começarmos com quatro). Geralmente as marcas de guerra são em locais bem visíveis. Há tempos, andou mais de quinze dias com o olho "à Belenenses" depois de me ter tentado fugir na hora do banho e ter batido com o canto do olho na banheira...

As pessoas olhavam para ele na rua e vinham ter comigo para me dizer: "Que grande queda, foi um acidente muito mau, coitadinho! Os meus nunca tiveram nada disso..." E só me apetecia responder: "Não, não vê que não foi nada disso? Andou foi a digladiar-se com um colega na escola e o outro ainda ficou pior do que ele!" Mas calava-me, pronto.

Ontem, dei por mim a pensar que é terrível este desfasamento entre a maturidade e as capacidades físicas... Mas depois lembrei-me que na adolescência acontece precisamente o oposto e que ainda vou achar que ele era um santo nesta idade. E, pronto, mudei de assunto e assobiei para o ar....

2 comentários:

  1. Só conheci o teu blogue hoje e estou a gostar muito. Os blogues começados por "beijo..." devem ser todos muito bons ;))

    ResponderEliminar
  2. Eles são uns traquinas!!A minha parece que corre à velocidade da luz,credo!!Parece que vai partir as favolas a qualquer momento!Tenho um medo.Mas faz parte...;)

    ResponderEliminar